No dia 15 de Março saímos às ruas em todo o mundo para lutar pelo direito ao futuro! Em Portugal tivémos uma das maiores manifestações dos últimos anos, com quase 20 mil jovens a sair às ruas por todo o país! Este levantamento da juventude contra a situação desastrosa em que o capitalismo nos coloca desenvolveu-se através de uma...


2018 acabou com as temperaturas mais altas algumas vez registadas. 2019 começa com uma onda de frio que assola a Europa. Não vamos ter que esperar por 2030 — ano em que é esperado que a temperatura anual média do planeta aumente em mais de 1,5ºC — para sentirmos as consequências das alterações climáticas.


O movimento estudantil em Portugal tem-se organizado em torno da abolição da propina, reconhecendo-a como uma barreira ao acesso ao Ensino Superior. Mas para os cerca de 152.000 estudantes do ensino superior deslocados, 42% do total, há uma outra barreira que se tem vindo a tornar inultrapassável para uma quantidade cada vez maior destes: a...


Se depender deste governo, o ano lectivo de 2018/19 será marcado pela continuação da degradação das escolas, pelo reforço da precariedade entre os trabalhadores de educação e pelo aumento do abandono escolar. O Partido Socialista tem sido responsável por constantes ataques à democracia na educação, quer seja através da diminuição...


Milhares de jovens vêem-se forçados a abandonar o Ensino Superior. As despesas em propinas, taxas, alojamento, transportes e alimentação são de tal maneira elevadas que muitos nem o consideram, até porque o diploma já não é garantia de emprego, nem de um futuro livre de precariedade ou endividamento.


Segundo declarações oficiais, o actual plano para a Educação tem revertido o desinvestimento e a degradação das escolas e universidades. Mas para as famílias trabalhadoras e pobres, não existem dúvidas: o actual plano assenta na continuidade da austeridade aplicada à Educação pública, na degradação das suas infraestruturas, no...


Perante um cenário de crescente degradação e elitização do ensino público, cujas consequências recaem sobretudo sobre as famílias de classe trabalhadora, os estudantes devem organizar-se democraticamente e construir organizações capazes de responder eficazmente à insatisfação generalizada, direcionando-a para vitórias...


A actual Direcção da Associação de Estudantes (DAE) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa foi democraticamente eleita pelos estudantes da faculdade com um programa de esquerda que a comprometeu com o combate a todas as formas de opressão.


Sindicato de Estudantes

Os cookies facilitam o fornecimento dos nossos serviços. Ao usares estes serviços, estás a permitir-nos usar cookies.
Mais Informações Ok